A Origem Cultural e os Benefícios do Sushi

Na cultura japonesa é muito comum retirar do mar os principais alimentos que compõe a sua culinária. Através desse processo cultural que os japoneses aprimoraram uma nova técnica de conservação e acabaram criando o Sushi. Tudo começou pela necessidade de conservação de peixe cru. Com passar do tempo a técnica foi sendo aperfeiçoada e o primeiro sushi moderno, como conhecemos nos dias de hoje, foi criado no século XV e era chamado de Nama Nare Zushi.

Depois disso, o prato especial da culinária passou por algumas transformações recebendo, inclusive, o incremento do famoso shoyu. Hoje o sushi é famoso no mundo inteiro. Além disso é um alimento muito saudável e proporciona imensos benefícios para a saúde.

Arroz: É uma excelente fonte de proteínas e não contêm glúten.

Gengibre: O gengibre facilita a digestão, fortalece o sistema imunitário e ajuda o organismo a combater gripes.

Peixe: O sushi é baixo em calorias, a maioria dos peixes utilizados no cardápio tem menos de 100 calorias. O salmão é rico em ômega 3 e muito eficaz na prevenção de doenças cardiovasculares.

Molho shoyu.: É rico em proteínas, potássio e ferro. Ele traz benefícios a saúde, porém seu consumo deve ser moderado, principalmente por pessoas hipertensas

Vinagre: O vinagre de arroz tem propriedades anti-bacterianas, além de ajudar na digestão e diminuir o risco de hipertensão.

Alga: Presentes, nos sushis e temakis, as algas são excelentes fontes de iodo, necessários para a tireoide e o sistema imunológico trabalharem melhor. Elas são muito nutritivas. Contêm proteínas, minerais como o iodo e são ricas em vitaminas A, B1, B2, B6, niacina e C, que ajudam a prevenir os depósitos de colesterol nos vasos sanguíneos.

Pepino: É um dos vegetais muito usados na culinária japonesa, compondo saladas, temakis e sushis. O pepino tem 95% de água, o que ajuda a ser um alimento de baixa caloria e que garante hidratação do organismo.


Últimas Notícias

  • Ano Novo no Japão só termina em meados de Janeiro – Parte 2

    No final da primeira quinzena celebra-se o fim do shougatsu. A data é conhecida como ko...

  • Ano Novo no Japão só termina em meados de Janeiro – Parte 1

    Após uma semana de recesso, em que quase todas as empresas param, exceto as do setor de...

  • Ano Novo no Japão

    Virada do Ano no Japão
    No dia 31 de dezembro, a contagem regressiva tão esperada...

  • Natal no Japão

    Natal no Japão
    Como sabemos, o Natal é essencialmente um feriado religioso na qu...